sexta-feira, 27 de maio de 2011

desencanto


"E quando chega essa hora da noite eu me desencanto. Viro outra vez aquilo que sou todo dia: fechada, sozinha, perdida no meu quarto, longe da roda e de tudo: uma criança assustada."

enfim...


"Anyway, que aconteça, que deixe marcas boas ou más, lembranças, tristes ou alegres, n'importe quoi. Que deixe material para o baú da memória, penso sempre assim, até nas maiores saias justas."

coleção


"Eu colecionava a vida para te encher dela depois."

sábado, 21 de maio de 2011

preferido


"Mesmo depois de conhecer vários e novos sorrisos, o dele ainda é o meu preferido."

quinta-feira, 19 de maio de 2011

ciranda

"Um dia tu vais compreender que não existe nenhuma pessoa completamente má, nenhuma pessoa completamente boa. Tu vais ver que todos nós somos apenas humanos. E sofrerás muito quando resolveres dizer só aquilo que pensas e fazer só aquilo que gostas. Aí, sim, todos te virarão as costas e te acharão mau por não quereres entrar na ciranda deles, compreendes?"

sexta-feira, 13 de maio de 2011

pedaços

"Enfrento, e reconstituo os pedaços, a gente enfeita o cotidiano - tudo se ajeita."

terça-feira, 10 de maio de 2011

imprevisível


"Os meteorologistas costumam avisar com um mínimo de antecedência quando a natureza vai sofrer um fenômeno climático, quando um temporal está a caminho , quando é hora de retirar as roupas do varal ou , em caso mais extremos, reforçar portas e janelas. Mas ainda não inventaram um recurso tecnológico para avisar que um homem vai entrar na sua vida e fazer o chão tremer."

tudo posto em seu lugar


"Pudesse abrir a cabeça, tirar tudo para fora, arrumar direitinho como quem arruma uma gaveta. Tomar um banho de chuveiro por dentro."

de cordel


"Amor? Será que tudo isso que eu sinto por Açucena cabe numa palavrinha tão pequena? Eu não sei não, Doralice. Só sei que Açucena é o ar que eu respiro, é a luz que me ilumina, é ela que me dá força todo dia pra eu acordar de manhã. Você sabe que eu lembro direitinho do dia que Açucena chegou aqui nos braços da mãe? Eu era um tico de gente, não tinha nem três anos ainda. Eu olhei pra ela e disse: 'Açucena'. É a primeira palavra que eu lembro de ter dito e é a ultima que eu quero dizer antes de morrer. Agora se isso é amor, esse amor não tem medida, esse amor não tem tamanho e esse amor não tem fim."

domingo, 8 de maio de 2011

recomeço

"Amanhã é outro dia, aprendi isso ontem."

e ela ensina...


"Que a vida ensine que tão ou mais difícil do que ter razão, é saber tê-la. Que o abraço abrace. Que o perdão perdoe. Que tudo vire verbo e verbe. Verde. Como a esperança. Pois, do jeito que o mundo vai, dá vontade de apagar e começar tudo de novo..."

segundo domingo de maio

sexta-feira, 6 de maio de 2011

quinta-feira, 5 de maio de 2011

quarta-feira, 4 de maio de 2011

um amor


"Que um amor te aconteça. Que um amor te salve. Que um amor te cuide."

pratique o esquecimento

"Ou esquecemos ou perdoamos, não dá para fazer os dois. Perdoar é sempre lembrar e sempre aceitar."