sábado, 31 de dezembro de 2011

que traga os melhores sentimentos


"Para o ano novo, se eu conseguir ser nova, quero o sabor de saber, na prática, que somos feitos para a felicidade, para a troca, para a paz, para a bondade, para facilitarmos a existência uns dos outros. Para a coragem e a alegria de simplesmente ser."

e que seja o melhor


"Que os dias sejam a mais! Tenham mais olhos, mais ouvidos, mais voz, mais vez, mais arrepios, mais trocas, mais... Porque a construção de cada dia deixa o alicerce mais sólido. E quando chegar o fim do ano novamente, na hora da virada, o segundo final terá mais sentido, mais sabor e mais beleza. Os pedidos ainda existirão, mas haverá muito mais agradecimento."

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

relembrando

"Existem duas maneiras de um homem amar verdadeiramente uma mulher: a primeira é quando ele se torna o melhor amigo dela e depois se apaixona; mas existe uma outra, que é quando ele se apaixona e depois aprende a ser o seu melhor amigo"

hoje e sempre


"Mas que seja bom o que vier, para você, para mim."

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

uns poucos e raros

"Em tempos em que quase ninguém se olha nos olhos, em que a maioria das pessoas pouco se interessa pelo que não lhe diz respeito, só mesmo agradecendo àqueles que percebem nossas descrenças, indecisões, suspeitas, tudo o que nos paralisa, e gastam um pouco da sua energia conosco, insistindo."

um dia me encontro


"Eu não estou me reconhecendo, mas estou me observando. Não estou alegre como de costume, mas também não estou triste. Contemplar o coração também é uma estrada que deve dar em algum lugar melhor."

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

fortaleza


"(...) o teu olhar me encorajava a não desanimar da vida. E juntos, seguimos atados pela estrada, que é feita de sonhos, de tristezas e de risos."

internamente

"Ela sentia algum ódio, mas não dizia nada, toda madura repetindo isso-passa-questão-de-tempo-tudo-bem."

surpreendentemente


‎"Tem umas coisas que a gente vai deixando de ser e nem percebe."

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

efêmeros


"Em uma época em que os desejos duram o tempo de uma estação, amar virou coisa de gente corajosa."

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

um dia tudo ficou claro...


"Nunca notou que mulheres como eu não são fáceis de se ter? São como flores difíceis de cultivar. Flores que você precisa sempre cuidar, mas que homens que gostam de praticidade não conseguem. Homens que gostam das coisas simples. Eu não sou simples, nunca fui."

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

em silêncio


"Mas não, não diria nada. Não se diz mais uma palavra quando, de muitas formas nunca claras o suficiente para que os outros entendam, tudo já foi dito."

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

intensas


"Mulheres tarja-preta, contra-indicadas, que causam dependência física e psíquica. Com elas não há de vez em quando. Toma-se uma dose já desejando outra."

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

do dia

"Não há como ter, ou manter sonhos, quando o melhor que pode acontecer com você é não piorar."

inversão


"É preciso ter tristeza. Tristeza não é ruim. Quase todo mundo só quer escutar musiquinhas alegres, ir dançar em lugares barulhentos, ficar falando o tempo inteiro. Porque eles tem medo da tristeza. Mas não é a tristeza que mata."

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

disfarce

"Eu guardo as minhas rejeições em vidrinhos rotulados com o nome deles. Eu sou mole demais por dentro pra deixar todo mundo ver. Eu deixo pra quem eu acho que pode comigo. Ninguém sabe, mas eu tenho coração de moça."

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

ponto de vista


"Ser feliz, no final das contas, não é questão de sorte ou azar. É questão de perspectiva."

muitíssimo obrigada


"Um conselho bem baixinho, porque coração não gosta de grito:
- Agradeça. Sempre que puder, agradeça. Assim também se faz uma oração."

sábado, 3 de dezembro de 2011

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

I can't lose myself, baby


"Nessa multidão de "vencedores", I'm a loser, baby. É melhor perder sendo você do que ultrapassar a linha de chegada e ver que, na verdade, ficou pelo caminho. Dá muito trabalho me buscar."

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

volta ou não


"Chega uma hora que a verdade dá as caras e eu te tenho em mãos, mais uma vez. Não está tudo bem agora, pequena. Mas vai ficar.
É como um balão de gás helio. Solto no céu, chama atenção. Preso na mão é só um enfeite. Deixa voar, quem sabe ele volta pra tua mão."

e já é quase dezembro...


"Meu agosto foi amargo e durou até outubro. Aí decidi: novembro ou nada."

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

pra vida


"Preciso de segurança, de amor, de compreensão, de atenção, de alguém que sente comigo e fale: 'Calma, eu estou com você'."

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

desabafo

"(...)Corra e cole os pedaços, corra e segure meus pés no chão porque eu estou quase voando, ou me faça voar novamente com você. Por favor, não espere o sanduíche ou a festa do ano, não espere a minha próxima assoada de nariz e a minha cara assustada perdida na sua ausência. Venha logo, traga de volta a minha certeza(...). Não espere o horário do trânsito livre, não espere ouvir o que você não quer, não espere a vida dar merda para colocar a culpa na vida.
Eu ainda estou aqui por você, limpa, ilesa, sua. Mas cada milímetro do meu corpo me implora por vida, por magia, por encantamento. (...) Eu preciso que você me lembre de que eu não preciso de mais nada, que mais nada é tão perfeito e que podemos ser um casal imbatível.
Caso tudo isso seja um trabalho inconsciente para me perder, parabéns, você está conseguindo. Mas se ainda existir dentro de você alguma esperança, eu preciso demais que você me abrace e me faça sentir aquilo novamente. É fácil, basta você querer, eu ainda quero tanto. Venha agora, não espere o músculo, a piada, o botão, o calo, a saudade, o arrependimento, o vazio. Eu preciso sentir que você ainda sente, eu preciso que o seu coração dê um choque no meu, eu preciso saber que seu peito ainda aperta um pouco quando eu vou embora e se espalha como borboletas nas veias quando eu chego.

(...)Eu ainda preciso que você me ache bonita, se surpreenda, me comemore e esqueça um pouco de todo o resto pra se encantar sem medo do tempo. Não me tire a razão, não me tire a honra, não me faça estragar tudo só para sentir o vento na cara de novo e a música alta. (...)Venha agora, ganhe a corrida, passe todo o resto pra trás, é você quem eu continuo eternamente esperando na linha final."

domingo, 6 de novembro de 2011

temporariamente

"Tenham um pouco de paciência comigo vai, é só uma fase em que estou exigente e acho tudo um porre. Um grandessíssimo porre."

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

sem tirar, nem pôr


"Quem gosta mesmo de você aguenta suas crises, suas manias, suas reclamações, seus momentos de tristeza e permanece sempre ao seu lado."

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

com leveza


"Melhor escapar deixando uma lembrança qualquer, lenço esquecido numa gaveta, camisa jogada na cadeira, uma fotografia - qualquer coisa que depois de muito tempo a gente possa olhar e sorrir, mesmo sem saber por quê."

domingo, 30 de outubro de 2011

como o prometido


"Que Deus lhe dê a graça de chegar ao lugar mais bonito, que já é seu, mas que você ainda não conheceu porque precisa ir até lá."

ir com fé

"O jeito é curtir nossas escolhas e abandoná-las quando for preciso, mexer e remexer na nossa trajetória, alegrar-se e sofrer, acreditar e descrer, que lá adiante tudo se justificará, tudo dará certo."

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

pré-requisito


"Eu disse que tinha um motivo e não uma explicação. Me deixa. Você jamais estará disposto a ser assustadoramente feliz sem estar disposto a sofrer assustadoramente."

procedimento de urgência


"O que eu queria era transfusão de vida, o riso me entrando na veia até me engolir."

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

ocultos


"É sempre assim que acontece – quando a gente se revela, os outros começam a nos desconhecer."

terça-feira, 25 de outubro de 2011

um ano

"E daqui há 50 anos eu ainda vou saber seu nome e vou me lembrar de todas as vezes que você me fez sorrir."

domingo, 23 de outubro de 2011

das lições


"Você me ensinou muita coisa, a melhor delas, me ensinou que o amor verdadeiro sempre espera um pouco mais pelos abraços atrasados."

wrong way


"Fico tão cansada às vezes, e digo pra mim mesma que está errado, que não é assim"

um dia encontro

"Fiquei ali parado, procurando alguma coisa que não estava nem esteve ou estaria jamais ali."

domingo, 16 de outubro de 2011

não confunda

"Saudade é pra quem sente amor. Sentir falta é pra quem sente vazio. Só um buraco. Tá bom. (...)
E amanhã será um novo dia igual a este. Mas, de que adianta desejar um novo dia se, ao mesmo tempo, desejo também um mesmo e velho erro? O relógio devia me dar um tempo ou parar até eu me resolver."

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

lição


"Então, quando você perde o medo, aprende, está indo muito bem e feliz, Deus diz: Ok. Agora, sem rodinhas!"

suporte


"Porque é tão mais fácil aturar a vida sabendo que tem você."

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Capitu


"Tinha olhos de cigana oblíqua e dissimulada.
Eu não sabia o que era oblíqua, mas dissimulada eu sabia"

preferido


Soneto de Fidelidade

De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

domingo, 2 de outubro de 2011

atributo

"Uma mulher difícil não é aquela que não fica com ninguém na balada ou sai por ai dando fora em todos que aparecem. Uma mulher difícil é aquela que segue as suas vontades, que é segura, que tem postura de mulher e principalmente é autêntica. Infelizmente na maioria das vezes se nasce assim, é como uma pessoa com charme ou uma pessoa divertida, ela é assim por natureza. Essa tal "dificuldade" não está presente na balada, pois se você chega em uma mulher e ela te dá um "fora", é simples, você vai à procura de outra. A dificuldade vem depois, nos encontros, troca de mensagens, telefonemas, ficadas e assim por diante.

E sabe o que é mais fascinante de tudo em uma mulher dessas? Que ela não te dá certeza da vitória, mas te faz jogar até o fim."

via Entenda os Homens

terça-feira, 27 de setembro de 2011

não importa o motivo

"E mesmo que nada possa ser eterno, mesmo que o 'pra sempre' não exista, eu sei que vou seguir te amando, pelo menos, pelos próximos 99 invernos."

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

ah, o desejo


"Existe um único antídoto para a falta de tempo. Um único. Estar apaixonado. Esquecer de si para inventar o desejo. O desejo transforma-se no próprio tempo. Tudo é adiado."

em estoque


"Garotas são loucas, se fossem vendidas em frascos, viria rotulado: contém 1 drama."

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

insatisfeita

— Ela queria outra coisa.
— Que coisa?
— Nem ela sabia.
Repetia isso o dia inteiro: “Quero outra coisa, eu quero encontrar outra coisa”.

renovando


"Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto, pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes. O importante é semear."

deveria ser completo


"Amor tem outro cheiro. Outra natureza. Outra frequência. Outro chamado. É para ser luz pra dois, com todas as sombras de cada um."

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

acorda!

"Acorde, garota! Você é linda, inteligente, tem um ótimo perfume e seus olhos brilham mais que um punhado de purpurina."

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

aqui

"Aqui é bom. Realmente bom. Um pouco tumultuado e inconstante e inseguro e levemente degenerativo, preciso dizer. Mas bom."

terça-feira, 6 de setembro de 2011

pra vida

"E nessa estrada quero achar gente doce, límpida, verdadeira e disposta.
Quero topar com luz, desapego e paz."

despeito


"Tem gente que tem esse dom de não ser feliz e querer enferrujar o sorriso alheio."

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

retirando excessos


"Saiba valorizar quem te ama, esses sim merecem seu respeito. Quanto ao resto, bom, ninguém nunca precisou de restos para ser feliz."

um pro outro


"Deus fez o homem e a mulher para se completarem.
Ela com total propensão à loucura, ele com total propensão a enlouquecer alguém."

domingo, 4 de setembro de 2011

em paz comigo

"- Esse orgulho não vai te levar a lugar nenhum.
- Ótimo, adoro ficar em casa."

de poucos amigos


"Eu sou antipática mesmo, o mundo tá cheio de gente brega e limitada e é um direito meu não querer olhar na cara delas, não tô fazendo mal a ninguém, só tô fazendo bem a mim."

demasiadamente

"E te espero. E te curto todos os dias. E te gosto. Muito."

pra fazer sentido


"Um dia você vai encontrar alguém que te lembre todos os dias que a vida é feita para ser vivida. Alguém que é perfeito de tão imperfeito."

sábado, 3 de setembro de 2011

reabastecer

"Eu me lembrei que fugir, às vezes, é necessário para recuperar o fôlego. Para restaurar a força."

dos amigos


"É no olhar, sobretudo, que a amizade se confirma. É no jeito de olhar que nos reconhecemos no primeiro momento, nós, amigos recentes de longas datas. Isso porque amigo tem esse olhar bom: ele nos olha como se realmente quisesse nos ver, sem nenhum outro interesse que não seja a oportunidade boa e rara de partilhar amizade. Ele nos vê e permanece ao nosso lado, esse conforto que palavra alguma é capaz de traduzir. Esse detalhe grandioso que faz toda a mágica acontecer, porque amar é também a arte de cuidar com os olhos."

forasteira

"Talvez seja da minha natureza não me sentir pertencendo totalmente a lugar nenhum, em lugar nenhum."

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

em silêncio


"Mas eu não posso reclamar. É, não posso reclamar. Mas eu queria reclamar, conversar, entender, decidir. Ou então gritar, berrar, rugir, enlouquecer até você verbalizar uma improbabilidade tal como "garota, cala essa boca lotada de marimbondos e pequenas palavras mal escolhidas e vê se escuta isso: eu amo você demais". Como fazem nas histórias da locadora que não temos paciência de assistir, porque no fim a gente fica sabendo que assim como amar, ser amado também é uma coisa que se aprende."